Tratamento da Hepatite C

Tratamento Hepatite C - Hepic

Tratamento da Hepatite C

A Hepatite C tem cura?

Sim, a infeção pelo vírus da hepatite C é uma doença que já pode ser curada. De acordo com os últimos dados da Direção Geral da Saúde (DGS), a taxa de cura é superior a 96%.1

Quem deve fazer o tratamento?

Todos os doentes com hepatite C ativa, isto é, com ARN VHC positivo, devem ser tratados.2

  • Ausência de contraindicação (alergia a algum dos medicamentos)
  • Ausência de gravidez (o tratamento deverá ser feito antes da gravidez)
  • Doentes com hepatite C crónica
  • Doentes com cirrose hepática compensada
  • Doentes com cirrose hepática descompensada (o centro de transplantação decidirá a melhor altura para o tratamento: se antes ou depois do transplante)
  • Doentes que já tenham feito tratamento anterior e não tenham curado
  • Doentes com hepatite C com transaminases normais
  • Doentes com doenças extra-hepáticas associadas ao vírus da hepatite C (crioglobulinemia, linfoma, hemofilia, insuficiência renal crónica com ou sem hemodiálise, etc.)
  • Doentes com hepatite C pós transplante do fígado
  • Doentes com hepatite C com consumo ativo de drogas ou em programas de substituição
  • Doentes reclusos, migrantes e homens que fazem sexo com homens
  • Doentes com reinfeção pelo VHC
  • Doentes com coinfeção pelo vírus da hepatite B e/ou VIH
  • Doentes com carcinoma hepatocelular poderão ter indicação para tratamento.

Qual o tratamento para a Hepatite C?

Atualmente, o tratamento é feito por toma oral e por um período de tempo que poderá variar, na grande maioria dos casos, entre as 8 e as 12 semanas, havendo tratamentos que poderão atingir as 24 semanas Dependendo do tipo de vírus, da avaliação dos exames complementares e das características relacionadas com as condições socioeconómicas do próprio doente, o médico decide qual o tratamento mais adequado para cada caso.

Três meses após a última toma é feito um último teste para determinar o sucesso do tratamento. Caso este teste seja negativo, significa que a cura foi conseguida.

Uma pessoa curada não transmite o vírus a outras pessoas, embora continue a ser positiva para o anticorpo contra o vírus da hepatite C (anti-VHC); no entanto, poderá voltar a ficar infetada de novo caso seja novamente exposta ao vírus.2

Quais as sequelas da Hepatite C?

  • O grau de fibrose do fígado quando a doença é detetada, determina a necessidade de acompanhamento do doente, mesmo após a cura. Quando a infeção é detetada numa fase tardia do seu desenvolvimento, é mais provável que o doente venha a necessitar de um acompanhamento médico mais próximo e regular.2
  • A melhor maneira de manter a saúde do seu fígado é adotar um estilo de vida saudável e seguir os conselhos do seu médico.

Testemunho de um doente com Hepatite C

  1. Direção Geral da Saúde (DGS). Programa Nacional para as Hepatites Virais, Lisboa, julho, 2019. Disponível em:  https://www.dgs.pt/documentos-e-publicacoes/programa-nacional-para-as-hepatites-virais-2019.aspx. Consultado em: Maio de 2020.
  2. European Association for the Study of the Liver. EASL recommendations on treatment of hepatitis C: Final update of the series. J Hepatol. 2020.
    doi: 10.1016/j.jhep.2020.08.018.
Voltar